[ editar artigo]

Empresas Tradicionais X Startups: O início da 4 revolução industrial

Empresas Tradicionais X Startups: O início da 4 revolução industrial

Já dizia o velho ditado: enquanto uns choram, outros vendem lenços. No momento, quem está lucrando são os fabricantes e vendedores de álcool em gel, que viram as vendas dispararem e os produtos desaparecerem das prateleiras com o surto do novo coronavírus. Apesar dos lamentáveis números de infectados e mortos, minha proposta aqui é ressaltar a metade cheia do copo.

Historicamente, são as crises que criam as grandes evoluções. Analisando apenas a história do século XX, é possível notar o grande boom econômico que a humanidade viveu após a Segunda Guerra Mundial. A competitividade desenfreada entre Estados Unidos e a União Soviética criou uma verdadeira corrida pelo desenvolvimento tecnológico. Ela moldou o mundo como conhecemos hoje.

E agora não está sendo diferente. Vimos a China construir um hospital em apenas 10 dias. Dezenas de startups criarem testes rápidos para detecção da doença ou mesmo para mapear o seu avanço pelo mundo. Em Hong Kong, robôs estão desinfetando os vagões do metrô. Dezenas de ferramentas que facilitam o trabalho remoto estão sendo liberadas gratuitamente pelas gigantes da tecnologia a fim de manter as pessoas em casa. Isso sem falar no e-commerce, que vem disparando.

A epidemia também tem estimulado a telemedicina. Um paciente do hospital Albert Einstein apresentou febre após retornar de uma viagem ao exterior e se consultou com um médico por meio de um chat online. Uma equipe foi à sua casa recolher secreção nasal para a realização do teste. Positivo, ele continua sendo tratado em casa, por vídeo.

As startups são, por essência, empresas inovadoras. Por isso, é comum o protagonismo dessas empresas em momentos de crise, como o enfrentado agora com a pandemia do novo Coronavírus.

Mesmo com a pandemia do coronavírus, grandes empresas e startups seguem apostando em inovação.

Nesse cenário, o ecossistema de inovação segue pulsando com oportunidades para startups conectarem-se com grandes empresas. Selecionei 3 programas de empresas dos setores de óleo e gás, agronegócio e alimentos que estão com desafios para startups.

Todos os programas preveem a realização de POCs (provas de conceito) remuneradas e a possibilidade das startups serem contratadas posteriormente para escalar o uso da solução no contexto da grande empresa.

 

1) Ingredion Open

Sobre a empresa: líder global de soluções em ingredientes de origem natural.

Data limite da inscrição: 26/abril/2020

Desafios:

– Gestão de Ponto e Jornada de Trabalho

– Automação do Planejamento da Produção Industrial

– Gestão Digital de Documentos Fiscais

– Antecipação de Recebíveis

– Rastreabilidade de Matéria Prima

– Novos Canais para Comercialização de Ingredientes

Informações e inscrição: www.ingredionopen.com.br

 

2) SLC Agro Exponencial

Sobre a empresa: produtora de commodities agrícolas, focada na produção de algodão, soja e milho.

Data limite da inscrição: 03/maio/2020

Desafios:

– Monitoramento da Qualidade de Sementes

– Sensorização e automação de fardinhos:

– Calibração Automática dos Implementos de Distribuição de Fertilizantes Sólidos:

– Automação de identificação e lançamento de notas fiscais municipais de serviços:

– Novos modelos no agronegócio:

– Ferramenta de People Analytics:

– Digitalização na metodologia de cálculo das emissões de gases de efeito estufa:

– Controle de acesso de colaboradores a espaços restritos:

Informações e inscrição: https://slcagricola.brightidea.com/agroexponencial

 

3) Ocyan Waves

Sobre a empresa: provem soluções para a indústria de óleo e gás upstream offshore no Brasil e no exterior.

Data limite da inscrição: 15/maio/2020

Desafios:

– Sistema Inteligente de Gestão de Alarmes

– Digital Twin do BOP (Subsea Blowout Preventer)

– Análise de fluidos do BOP em tempo real

– Predição de Falhas e Gestão de mangueiras do Topdrive

– Autoatendimento em almoxarifado

Informações e inscrição: www.ocyanwaves.com

 

HUB DE INOVAÇÃO DO VALE
Jean Alex Marcondes Maraschin
Jean Alex Marcondes Maraschin Seguir

Bacharel em Ciência da Computação, especialista em Gerenciamento de Projetos - FGV, Manager da 1° Acadêmia de Programação, jogos e robótica para crianças e adolescentes, 100% em Realidade Virtual

Ler matéria completa
Indicados para você